top of page

Desvendando a Subjetividade: O Objeto de Estudo da Psicologia


Neste artigo, abordamos o objeto de estudo da Psicologia, destacando que, devido à sua natureza recente como campo científico, ainda não há uma definição precisa e definitiva. Diferentes correntes da Psicologia têm objetos de estudo variados, como comportamento humano, inconsciente, consciência e personalidade. No entanto, podemos considerar que a Psicologia, de maneira geral, tem como objetivo comum o estudo da subjetividade humana.

A subjetividade é compreendida como a síntese singular e individual que cada indivíduo constrói ao longo de sua vida, influenciada por suas experiências sociais, culturais e biológicas. Ela abrange tanto aspectos observáveis, como comportamentos, quanto aspectos não observáveis, como sentimentos e emoções. A subjetividade é um mundo interno único para cada pessoa, mas também é moldada pelo contexto social e cultural.

Estudar a subjetividade significa compreender o mundo interno do indivíduo e sua relação com o ambiente em que vive. Isso envolve analisar comportamentos, sentimentos, características individuais e características compartilhadas pela espécie humana. A subjetividade revela a condição humana e é construída por meio de experiências e vivências sociais.


Por fim, destacamos que o estudo da subjetividade busca compreender a produção de novos modos de ser, ou seja, as subjetividades emergentes que são social e historicamente fabricadas. Ao investigar essas subjetividades, é possível desvendar as relações entre o cultural, o político, o econômico e o histórico na formação do ser humano em seus aspectos mais íntimos e observáveis.

566 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page