top of page

PSICANÁLISE


A Psicologia: uma Jornada para o Inconsciente

A Psicologia, ao longo de sua história, passou por diversas transformações que moldaram o seu entendimento sobre a vida psíquica humana. Inicialmente, os estudos da consciência eram o foco central dessa disciplina. Porém, tudo mudou com a chegada do médico vienense Sigmund Freud em meados do século XIX. Freud revolucionou a Psicologia ao introduzir a teoria da Psicanálise, um método inovador que explorava o inconsciente e suas influências na mente humana.

A Psicanálise: Teoria, Método e Prática

A Psicanálise é um conceito amplo, englobando uma teoria, um método de investigação e uma prática profissional. Como teoria, abrange um conjunto de conhecimentos sistematizados sobre o funcionamento da vida psíquica, resultando em uma extensa obra publicada por Freud ao longo de sua vida. Ele explorou suas descobertas e formulou leis gerais sobre a estrutura e o funcionamento da psique humana.

Enquanto método de investigação, a Psicanálise destaca-se pela interpretação, buscando o significado oculto por trás de ações, palavras e produções imaginárias, como sonhos, delírios e associações livres. Por meio dessa interpretação, é possível acessar os conteúdos reprimidos no inconsciente e compreender sua influência na mente consciente.

A prática profissional da Psicanálise é conhecida como Análise, um tratamento que visa o autoconhecimento ou a cura, permitindo que os pacientes enfrentem seus conflitos internos e superem as questões emocionais que afetam suas vidas.

A Construção da Teoria Psicanalítica por Freud

Sigmund Freud nasceu em 1856 na região da Morávia e, ao longo de sua carreira, dedicou-se intensamente à Psiquiatria e aos estudos sobre a histeria. Seus primeiros trabalhos foram influenciados pelo psiquiatra francês Jean Charcot, que tratava as histerias com hipnose.

A partir de sua experiência com pacientes histéricos, Freud desenvolveu o método catártico em colaboração com Josef Breuer. Esse método permitia a liberação de afetos e emoções ligadas a eventos traumáticos, aliviando os sintomas histéricos.

O Caso Clínico de "Ana O."

Um dos casos famosos de Freud e Breuer foi o da paciente conhecida como "Ana O.", que apresentava sintomas histéricos, incluindo paralisia e dificuldades de pensamento. Através do método catártico, eles descobriram que esses sintomas tinham origem em pensamentos e afetos reprimidos relacionados ao cuidado de seu pai enfermo.

Do Inconsciente à Estrutura do Aparelho Psíquico

Após estudar a histeria e trabalhar com pacientes histéricos, Freud percebeu que havia uma estrutura psíquica além da consciência, o inconsciente. Em sua obra "A Interpretação dos Sonhos", publicada em 1900, Freud apresentou a primeira concepção sobre a estrutura e o funcionamento da personalidade.

Essa teoria descreve três sistemas ou instâncias psíquicas: o inconsciente, que contém conteúdos reprimidos; o pré-consciente, onde ficam os conteúdos acessíveis à consciência; e o consciente, que recebe informações do mundo exterior e do mundo interior.

Em uma segunda teoria, entre os anos de 1920 e 1923, Freud introduziu os conceitos de id, ego e superego. O id é o reservatório da energia psíquica, onde estão as pulsões de vida (Eros) e de morte (Tanatos), governado pelo princípio do prazer. O ego medeia as exigências do id e do superego e é regido pelo princípio da realidade. O superego surge da internalização das regras e proibições sociais e é responsável pela moral e ideais.

A Psicanálise e a Evolução da Psicologia

A Psicanálise, introduzida por Sigmund Freud, marcou uma revolução na Psicologia ao abrir caminho para uma diversidade de teóricos e abordagens que contribuíram para a formação da Psicologia Moderna. A compreensão do inconsciente e a estrutura do aparelho psíquico trouxeram novas perspectivas para o entendimento do comportamento humano e a natureza dos conflitos internos.

Assim, Freud deixou um legado valioso para a Psicologia e seu impacto continua a ser sentido até hoje, influenciando diversas áreas do conhecimento e oferecendo insights preciosos sobre a mente humana. A busca pelo autoconhecimento e a compreensão dos mecanismos inconscientes tornaram-se fundamentais para o desenvolvimento de uma abordagem mais completa e profunda na compreensão do ser humano.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page