top of page

"A Importância da Dialética na Psicologia: Compreendendo a Transformação do Indivíduo e da Sociedade



A dialética é um tema presente na Filosofia e também é aplicada na Psicologia. Surgiu com Heráclito e foi desenvolvida por filósofos como Sócrates, Hegel e Marx. A dialética proposta por Hegel envolve três etapas: tese, antítese e síntese. Marx, por sua vez, usa a dialética para descrever o desenvolvimento histórico, enfatizando as condições materiais em vez das ideias. Ele apresenta o método do materialismo histórico dialético, que considera a relação dialética entre a matéria, o psicológico e o social.

Na Psicologia, a dialética é abordada de várias perspectivas, sendo uma delas a abordagem sócio-histórica. Lev Vygotsky é o fundador dessa abordagem, que concebe o ser humano como ativo, social e histórico. Ele propõe uma psicologia dialética baseada no materialismo dialético, que busca explicar as funções psicológicas superiores de forma histórica e culturalmente determinada. Vygotsky enfatiza a importância da linguagem como parte da cultura e como mediadora das relações entre as pessoas.


A psicologia de Vygotsky considera o fenômeno psicológico como uma experiência coletiva dentro da cultura. O ser humano tem um papel ativo na transformação da história e da sociedade, e sua psicologia é influenciada pelo mundo material. Ele destaca que a linguagem tem um papel fundamental na transmissão de valores culturais e na forma como pensamos e sentimos.

Em resumo, a dialética é uma abordagem filosófica que também é aplicada na Psicologia, especialmente na abordagem sócio-histórica de Vygotsky. Essa perspectiva reconhece a relação entre o indivíduo, a cultura e a sociedade, enfatizando a importância do contexto histórico e material na compreensão dos fenômenos psicológicos.

54 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page